14.9.11

Lembrança...



Se tu queres uma lembrança de mim
pede-me agora
Pois vou partir e pode ser que por aqui
Não volte nunca mais
Se tu queres uma lembrança de mim
pede depressa
Pra que eu te deixe o coração
que no meu peito não se cansa de chorar
Eu, sim, quero uma lembrança de ti
um doce beijo
Um beijo ardente como o sol
que queime toda esta ansiedade
de amor
Um beijo teu
um doce beijo
é uma lembrança que jamais
esquecerei

(dalva de oliveira)

5 comentários:

  1. Ah, as lembranças, por vezes tão ternas e outras vezes tão doloridas.
    Mas fazem parte de nós e não há como deixar de sentir e de viver.


    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Belo e sentido poema...

    Adorei!

    Beijinhos.

    Mário

    ResponderExcluir
  3. Um beijo doce, com certeza é uma doce lembrança que jamais se esquece!

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Uma simples lembrança pode ser um alimento eterno da alma,,,grande beijo de bom dia pra ti minha querida amiga.

    ResponderExcluir

Deixe-me, aqui, uma gota de ti...
Deixe-me o sonhar, o desejo...
Divida comigo teu sentir...