3.9.10

Uma Casa Em Lisboa...


Há uma casa em Lisboa
que tem saudades de mim.
Saudades das minhas risadas
quando, à correr nas calçadas,
revoava os colibris...

Nesta casa também ficava,
a fitar-me da janela,
olhos castanhos dourados
d'um brilho quase encantado
d'uma morenice tão bela!...

E de lá me punha a ver
todo o encanto que fascina!
Nuvens bailando ao vento
levavam todos os tormentos
do meu coração de menina...

E há uma casa em Lisboa
que dá saudades em mim.
Saudades de minha infância
de quando eu, ainda criança,
sonhava sonhos sem fim.

(nany carvalho-1988)

(foto: google)

7 comentários:

  1. E eu tenho saudades de você sempre!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. È meu niver dia 10 nessa pagina
    http://fonte-amor.zip.net/presentesoferecidos.html vc vai
    encontrar o convite e presente de sequidores.
    Conto c/ sua presença.
    Caso ainda ñ siga meu blog
    convido a seguir.Um beijo carinho ,Evanir.
    www.fonte-amor.zip.net
    A melhor forma de viver é Amar
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Se há esta casa,
    em Lisboa que dá tanta saudade,
    abra a porta e a janela,
    e venha ver quem é que sou...

    A infância já passou,
    e ficou apenas em nós,
    a eterna vontade de ser criança...

    Nany, lindos e saudosos versos Lisboetas!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Que linda essa casa menina....beijos de otima quarta feira.....carinho e paz pra ti sempre....

    ResponderExcluir
  5. Beijo carinhoso de linda quinta feira pra ti amiga querida...

    ResponderExcluir
  6. Já escreveste este magnífico poema há 22 anos... a tua veia poética vem de longe...
    Beijo, querida amiga.

    ResponderExcluir
  7. Deixo-te um pequenino segredo...

    www.litledevel.blogspot.com

    ;)

    ResponderExcluir

Deixe-me, aqui, uma gota de ti...
Deixe-me o sonhar, o desejo...
Divida comigo teu sentir...