31.5.10

De cá...


De cá, quando cai a noite,
vejo luzes que piscam como lamparinas
que mostram um caminho
na escuridão que já domina.

De cá, quando cai a noite
e a madrugada impera,
vejo olhos que reluzem apaixonados
num brilho incesante que faísca
e ilumina minh'alma!

De cá, quando cai a noite,
sob a janela está o mar.
Frivulam ondas que refletem a luz da lua
mas nada que cintile como o teu olhar...

De cá, quando cai a noite,
a brisa quase gelida encontra meus sonhos.
Mas no calor do coração se percebe
o quanto as lembranças de você
ainda me mantém viva.


9 comentários:

  1. Essa louca noite que quando cai nos mostra todos os caminhos....beijos de otima semana.

    ResponderExcluir
  2. Oi minha amiga...que delícia saber que vc está voltando a ativa....
    Quero ver vc trabalhando muito e postando essas belíssimas poesias que sempre encontro aqui...
    Vc sabe que é especial para mim né?
    Tenha uma semana maravilhosa e apareça nos meus cantinhos...
    Saudades verdadeiras...bjs carinhosos...

    ResponderExcluir
  3. Um super beijo de bom dia pra ti moça bonita....

    ResponderExcluir
  4. Essa doce lembrança, esse doce amar...

    Minha amiga.
    Te adoro demais!
    Beijos,

    ResponderExcluir
  5. Do lado de cá,
    quando aqui aporto,
    sinto vontade de ler,
    mas de olhar também!!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Sempre é o que nos aquece é o calor do coração de quem se ama.
    Beijos Tempestuosos!

    ResponderExcluir
  7. Anima escrever Nancy C. ...

    Simplesmente lindo ....

    ResponderExcluir
  8. Um beijo carinhoso de lindo final de semana pra ti amiga querida.

    ResponderExcluir
  9. ººº
    Havia tanto p'ra dizer sobre a noite. A magia que ela nos traz, né amiga?

    Bjooo GATA

    ResponderExcluir

Deixe-me, aqui, uma gota de ti...
Deixe-me o sonhar, o desejo...
Divida comigo teu sentir...