29.11.09

E você...


estava nu...
ainda dormia
e sua porta, entreaberta
me fez perder-me!
eu olho sorrateira
seus cabelos, seus ombros...
um dorso que me instiga
me aquece...
vejo seu sulco curvilineo,
nadegas e as coxas...
pernas deitadas
uma sobre a outra
e assim você dorme,... nu
a luz tenta ultrapassar a janela e as cortinas
você, permanece quieto
respirando lento... corpo exposto
meu desejo queimando
e eu ali... observando...
perdida nos pensamentos
que afloram...
você se vira... desperta,
não vejo... não percebo
por algum tempo me olha
concilia vulto, sombra e luz...
meus olhos chispantes que te percorrem
agora já desperto...
vejo que tudo em você está acordado!
nos olhos um brilho
nos lábios, dentes cravados
a despertar...
faísco... vibro...
por enquanto, me olhe.
ensaio um sorriso
enquanto fecho sua porta...
vou me deitar...


12 comentários:

  1. Bela Nany,

    Senti uma vontade de dar uma mordidinha no bumbum da foto..rs

    Esse observar é terno e tão intenso, que poucas palavras definem tal sentimento... e tu as conhece bem!

    Adoro-te!
    Beijos minha linda

    ResponderExcluir
  2. Olá cronista da vida intensa na arte de amar,bela cronica erótica,mais uma vez Cassandra , a Rios me lembras!
    vorto em breve!

    vivavida1

    ResponderExcluir
  3. Sempre foram instigantes e convidadtivas as imagens de uma porta entreaberta, de um desejo contido, de uma vontade imensa de amar...menina, um beijo carinhoso em seu coração e o desejo que tenha uma semana linda...como sempre, obrigado pelo seu carinho.

    ResponderExcluir
  4. Nany voce estava a me observar???
    linda imaginação.....
    beijos joao

    ResponderExcluir
  5. Não tranque a porta, deite, espere.
    Sorria...... a vida é bela!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. NANY...bjinhus e afagos em seu coração minha linda!!!

    uma doce semana pra ti,cheia de tesão!!!

    ResponderExcluir
  7. Olá, Nany!

    Lindo e sensual poema...onde olhares furtivos em postas entreabertas, fazem emergir emoções...sentidos, paixões...á flor da pele...

    Adorei!

    Beijinhos...

    Gil

    ResponderExcluir
  8. Minha doce amiga, é sempre bom ter voce entre os primeiros leitores do dia, sempre, fielmente, só posso agradecer a cada dia pelo sau carinho, pela sua amizade, e pelo zelo com nosso Livro....um beijo na alma e uma terça linda pra ti,,,aqui, rotanticamente cinza o dia....

    ResponderExcluir
  9. Moço do Atlântico01 dezembro, 2009 19:23

    Até agora, nunca tinha amado as minhas amantes; havia algo em mim que me levava a tomá-las demasiado depressa para ter tempo de criar a aura, a zona necessária de mistério e desejo que me permitisse organizar mentalmente aquilo que poderia um dia chamar-se amor.

    Nada é pequeno no amor. Quem espera as grandes ocasiões para provar a sua ternura não sabe amar.

    É isso mesmo, o amor por ti é infinito.

    Te adoro, quem sabe, loucamente

    ResponderExcluir
  10. Bom dia minha doce amiga, que sua quarta feira seja cheia de carinho e paz...sempre obrigado pelas visitas e os carinhos registrados....beijos na alma e um lindo dia pra ti....aqui, dia cinza e chuvoso.

    ResponderExcluir
  11. Olá, Nany!

    Vim aqui reler este lindo poema, e dar-te um beijinho...

    Gil

    ResponderExcluir

Deixe-me, aqui, uma gota de ti...
Deixe-me o sonhar, o desejo...
Divida comigo teu sentir...