30.8.09

Toque-me...


Toque-me...
Sinta-me...
Deixe teus dedos
saborearem meu desejo
e gravarem o caminho...
Cada curva, cada pico,
cada orifício em que penetrem
deve ficar guardado para
que sempre os encontre.
Sinta meus seios,
minha boca em teu corpo...
minhas mãos que te descobrem...

Penetra-me.
Devora-me.
Preencha-me de ti!

Prometo gozar
chamando teu nome
...
By

9 comentários:

  1. Com um final destes, ouvindo o nome...

    Lindo poema. Sedutor!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Quente!

    E no ápice, ao ouvir o meu nome.. Gozaria também!


    Adorei o blog.

    ResponderExcluir
  3. o fim foi bem bom....gozar chamando o nome é mesmo bom

    ResponderExcluir
  4. Toques, bocas, penetrar...
    Tudo isso deve ser apreciado, saboreado...
    Deixar-se levar pelo desejo, pela fantasia...
    Beijos,

    ResponderExcluir
  5. voce nao precisa prometer nada nao....eu acredito em ti...sei que o extase vai ser geral....

    lindo poema....lindo sentimento

    joao

    ResponderExcluir
  6. Menina...
    coisa boa de ler...uiiiiiiii
    beijos da Nega

    ResponderExcluir
  7. gosto de ti....
    foi como te sentir, te escutar.
    e dizer tb teu nome, e gozar outra vez.....

    ResponderExcluir
  8. Que esse toque seja da ternura e do amor, dos sonhos e da paz...uma linda tarde pra ti querida...beijos

    ResponderExcluir

Deixe-me, aqui, uma gota de ti...
Deixe-me o sonhar, o desejo...
Divida comigo teu sentir...