4.9.08

Meu Corpo

Meu corpo
Acorda com uma vontade louca
De beijar tua boca...
Ele explode em desejo,
Desencadea momentos
A espera de uma noite.
*
Quero, levemente,
Tocar teus cabelos...
São sentimentos
De sedução, sabor e medo.
*
É o desejo que não se satisfaz
Acende e não se apaga mais...
Vicia...
não me deixa em paz.
Desequilibra
Para não mais esquecer
O jogo do desejo
Que me faz sentir você .
*
(autor desconhecido)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-me, aqui, uma gota de ti...
Deixe-me o sonhar, o desejo...
Divida comigo teu sentir...